28 de julho de 2017

Desculpem !


Eu sei que a educação burguesa reprime todo tipo de emoção e sensibilidade. Mas, embora de berço pequeno-burguês, eu não sei lidar bem com a falta de emoção e de manifestações emotivas:
Se essa burguesia idiota soubesse o que é a palavra compaixão... o significado da empatia... o sentido de colocar-se na pele do semelhante, eles entenderiam que não há possibilidade de vida feliz onde a desigualdade seja tão brutalmente grave. 
Nem cheirando as drogas mais caras, essa "gente" estúpida conseguirá compreender a razão da existência humana. E, portanto, a razão de suas próprias existências.
A menos que entendam que somos frutos de uma mesma árvore e que todos merecemos sobreviver neste mundo. Com igualdade de oportunidades, tendo nossas diferenças respeitadas por todos.
Nossa vingança a essa gente que despreza o semelhante está na vida miseravelmente abastada em que eles vivem.... de uma grana que jamais comprará DIGNIDADE HUMANA E MUITO MENOS A ETERNIDADE DE SEUS PRAZERES ESTÚPIDOS
Della Monica


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quando o saco já perdeu a elasticidade

    AI, ENTÃO..... você vai com a mulher à feira e está comentando sobre as atitudes do prefeitinho de São Paulo. Enquanto isso, a companh...