16 de julho de 2016

Quintal de vó Maria

...na quintal de vó maria e vô luigi, só se falava caipiracicabano, só andávamos descalços com a cabeça nas nuvens, só tinhamos olfato para as erva cidreiras, e olhos para as joaninhas das roseiras, e na hora da janta, aquele perfume da sopa de Maria.... enquanto vô orava sua Ave Maria, diante do altarzinho do Santo Antonio que veio com ele de Padova, mas que, Antonio, nasceu em Portugal. O cair da tarde, na rua Bom Sucesso, era toda mistério, com o barulho do trem da Central, lá em baixo, que a gente, menino, nunca perguntou de onde vinha para onde ia..... No mais, apenas os barulhinhos dos grilos à margem da linha de trem....



Rio de Piracicaba , Piracicaba, São Paulo, Brasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário