19 de julho de 2016

Carta de imigrante do século XIX

NOSSOS ANTEPASSADOS PASSARAM POR ISSO - E A QUESTÃO NÃO ERA DE MÉRITO, OUTROSSIM, DE FALTA DE OPORTUNIDADES IGUAIS
*
"Que coisa entendeis por uma nação, Senhor Ministro? é a massa dos infelizes? Plantamos e ceifamos o trigo, mas nunca provamos pão branco. Cultivamos a videira, mas não bebemos o vinho. Criamos animais, mas não comemos a carne. Apesar disso, vós nos aconselhais a não abandonarmos a nossa pátria? Mas é uma pátria a terra em que não se consegue viver do próprio trabalho?" (resposta de um italiano a um Ministro de Estado de seu país, a propósito das razões que estavam ditando a emigração em massa)

Um comentário:

  1. essa carta e a do cacique Seatle são sensacionais

    ResponderExcluir

Quando o saco já perdeu a elasticidade

    AI, ENTÃO..... você vai com a mulher à feira e está comentando sobre as atitudes do prefeitinho de São Paulo. Enquanto isso, a companh...