10 de janeiro de 2016

Poeta dos poetas

Diga- me que, em algum momento, com alguma palavrinha, eu conseguí tocar em um pontinho mínimo de seu coração e eu lhe direi: Hoje sinto-me o homem maravilhoso que sempre busquei, o menino comportado que só tirava 10( até em matemática), o fiel que sempre sabia todas as orações.... o pai que sempre deu segurança e ensinamentos.... o amante com todas as flores, gentilezas e amares.... o sujeito correto de ética e respeito aos desfavorecidos.....o Homem com H maiúsculo, pois que, jamais precisou provar-se macho.....a criatura mais insignificante e ao mesmo tempo mais importante deste Universo, pois que, filho de Deus......... Diga-me que, em algum momento, alguma das minhas palavrinhas tocou seu coração e eu me sentirei Poeta dos Poetas
(aldo della monica)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quando o saco já perdeu a elasticidade

    AI, ENTÃO..... você vai com a mulher à feira e está comentando sobre as atitudes do prefeitinho de São Paulo. Enquanto isso, a companh...