5 de maio de 1970

Um carinho soprando no vento - 1970


Professora Chami

…. a resposta está soprando no vento



Uma homenagem necessária. Que banha este coração em ternura e saudade.


Das tantas pessoas que plantarem sementes em nossos corações. Muitas vezes sem o saber.








Minha prezada Profa. Chami – acho que era assim que a tratávamos:

Mau aluno que fui, especialmente naquele ano em que ganhei minha primeira namorada. Naquele ano em que esperávamos o intervalo para correr à quadra para cantar e tocar violão.

Mau aluno, nem sei como fui aprovado.
Entretanto, minha querida Mestra, não me esqueço de uma pequena semente plantada neste coração e que não está em nenhum livro didático.

Avançando muito além da matéria lecionada, você discorreu sobre assuntos que tinham muito a ver com aqueles nossos momentos ainda adolescentes – quando você citou uma frase que me acompanharia até hoje: “ a resposta está soprando no vento”


Àquela altura, eu nem sabia da existência de um certo Bob Dylan – que por sinal me acompanha nesta madrugada – dizendo justamente isso: “The answer is blowin in the Wind”.

Sim, minha querida, como naquela época e sempre, a resposta continua ao nosso alcance, basta que nos atenhamos a enxergá-la, ouvi-la, tocá-la, senti-la.
Profa. Chamissi Zauith ” Chami” (História)

Basta que fiquemos atentos às pessoas que estão ao nosso lado, doando sua humanidade e sua sensibilidade.

De outra feita, quando perdemos um colega de classe em trágico acidente, lembro de sua presença, Profa. Chami , invocando-nos a uma oração em memória do menino Eloi, nosso companheiro.

Aquele “Pai Nosso” ficou nesta memória tanto pela inusitada solicitação da professora, quanto pela oração tão pertinente e emotiva.

Não me lembro se o que fora lecionado tratava da Idade Média ou da Revolução Industrial. Da Primeira ou da Segunda Guerra. Mau aluno que era.

Ficou, entretanto, a sua imagem de um ser humano que transcendia o avental de professor para mostrar-se íntegro e pleno de sentimentos e compaixão humanos.
Profa. Chami

A resposta está soprando no vento, querida Professora.
A grande lição é afinarmos nossos ouvidos, nosso olfato, nossa pele para não perdemos jamais os ensinamentos vitais que podem nos elevar a novos estágios em nossa caminhada.

Sempre que Dylan toca em meu aparelho de som você renascerá neste peito.

Muito mais que isso, sempre que eu perceber a resposta que está muito mais próxima do que qualquer aparente problema – sobretudo aí, aquele sementinha que um dia você plantou; aquela sementinha estará mostrando a exuberante florada que só o tempo poderia mostrar.

Que este sopro de saudade, chegue ao seu olfato como perfume da flor de laranjeira; à sua pele, como toque de veludo; aos seus ouvidos como uma canção de ternura.

Que este carinho chegue ao seu coração.

Um carinho soprando no vento.

Aldo Della Monica
3º. Colegial Noturno – 1971 – Ascendino Reis

Ouça Bob Dylan, abaixo:






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quando o saco já perdeu a elasticidade

    AI, ENTÃO..... você vai com a mulher à feira e está comentando sobre as atitudes do prefeitinho de São Paulo. Enquanto isso, a companh...